h1

Introspecção eterna (ou, conchinha canceriana)

25/08/2008

Cancerianos são um “problema”. Quando resolvem se fechar para o mundo ninguém mais acha a pessoa. Agora imagine o tamanho do “problema” quando a pessoa é canceriana com ascendente e lua em câncer? Imaginou? Não precisa dizer mais nada…

Às vezes eu entro nuns períodos de introspecção que parecem que vão durar a vida inteira e eu vou morrer velhinha velhinha, como uma eremita das montanhas, numa casa abandonada, sabe? Pra minha sorte (e do resto do mundo) isso passa logo. Não dura mais que 2 ou 3 dias. Não, e não é TPM. É só uma necessidade de “fechar pra balanço”.

Funciona como um período de recarga de baterias. É como se eu precisasse colocar todos os pensamentos em ordem antes de prosseguir. Se eu não fizer isso, acabo atropelando tudo e fazendo mil besteiras das quais eu me arrependo depois. Curiosamente, depois desse período de muitas reflexões, as coisas começam a caminhar numa velocidade acelerada, que acaba compensando o tempo de isolamento.

E olhe… eu penso muito! Penso mais de 24 horas por dia com toda certeza! Até dormindo eu penso. Minha cachola não pára um segundo sequer. Tanto que, tenho o hábito agora de ter, na cabeceira da cama, um bloquinho e uma caneta bem ao alcance da mão. É de manhã ou no meio da madrugada antes de dormir que surgem as melhores idéias. Já até sonhei com coisas que acabei concretizando depois! Vai entender… mas acontece. E acontece muito.

Anúncios

6 comentários

  1. oi!
    Olha que coincidência: hoje me fechei para balanço. fiquei em casa, na minha conchinha. Eu sou canceriana! Então, enquanto fico aqui com meus pensamentos e resoluções, acho o seu post!
    ótima surpresa! adorei!


  2. Como canceriana,também passo por esse balanço,algumas vezes me fecho,e só abro para quem eu quero,mas fico feliz na conchinha,confortavel,viajo,vou pra muitos lugares e volto feliz,realizada e as vezes emburrada, quando vou contar das minhas viagens e algumas pessoas não entendem ,penso:será que faltam sutileza,imaginação e penso muito,como você diz… vou parar por aqui…mas só para encerrar,dentro das conchas existem uma pedra rara a pérola (que por si só já é uma pérola)que poucos podem entender a profundidade de sua existência.
    sou canceriana do dia 17/07.
    abços


  3. Exatamente, Beatriz. Somos pérolas!


  4. As vezes eu nao entendo como isso acontece e nem a minha familia entende quando estou nesses dias, é meio confuso mesmo, posso está conversando numa boa, sorrindo, feliz da vida e derrepente sinto algo estranho e posso sair assim derrepente como se estivesse magoada com alguma coisa, mais nao, sinto a necessidade de me abrigar no quarto, como se precisasse mesmo ficar sozinha com os meus pensamentos, me afastar de todo mundo, me isolar do mundo, fico horas ali e meus pais nao entendem perguntam por que estou triste, mas nao é isso é uma angustia inexplicavel , inevitavel e tambem insuportavel, preciso mesmo de um tempo para sonhar. Imagem quando chego em casa e nao falo com ninguem nao almoço vou diretamente pro quarto digo que nao estou com fome , e fico ali como se me alimentasse dos meus sonhos, amo o quarto,a cama, é um abrigo em que fico sonhando as coisas mais loucas, talvez impossiveis mais que na minha imaginaçao é possivel, chego a me perder nos meus pensamentos, se pudesse ficaria ali o tempo todo,nesse meu mundo de sonhos em que tudo é possivel, parece até depressao e muitas pessoas nao entendem mais é assim que me sinto preciso de um tempo só meu longe de tudo e de todos, sou canceriana e as vezes sofro muito por ser assim, é meio estranho, meio louco, saio mesmo da realidade mas nao posso evitar.


  5. pra mim ser canceriana é um previlegio sou tudo isso me fecho as veses fico isolada em meu mindo e esquieso de tudo pra poder pençar na minha vida


  6. e isso acontece mesmo! eu como um bom caceriano entro no estado de paralizia, que as vezes parece um tipo de depressão mais e so um momento de reflexão me torno intolerante discussões so quero pensar e relaxar, e então começo uma busca frenetica por uma paz tentando se perdoar por alguma coisa que fiz ou uma oportunidade perdida quando eu concigo encontrar essa paz tudo volta ao normal e as pessoas ao meu redor não entendem essas mudanças de humor repentinas.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: