h1

Passeando por Brisbane, Australia

13/09/2008

(ou, O dia da bandeira branca)

Nada como aproveitar o dia da bandeira branca, que promove a paz no mundo, pra fazer algo de novo. Então, fui passear com mow (Felix) por Brisbane. Os andarilhos imortais pelo mundo! Nada como viver sem fronteiras…

Engraçado… Felix significa “feliz”… é… e hj foi um dia feliz.
Apesar de tudo. 🙂

Prédio de mow

Prédio de mow

A gente saiu do prédio dele, fomos andando até o rio.

Curva perto do rio

Vi um prédio bonitinho de longe e quis andar até lá mas perdeu a graça. Aí fomos na casa de Gabi.

Prédio de Gabi

Na frente tem a praça dos bebum, onde os aborígenes-sem-teto costumam se abrigar pra tomar umas (umas muitas, diga-se de passagem!). Sério! Num tou tirando onda não!

Praça dos aborigenes bebuns

Passamos pela escola tb.

Escola de mow

A tal da “mão inglesa” é estranha. Os carros ao contrário… estranho… As portas dos ônibus ao contrário tb são estranhas.

Agora eu gostei mais foi do bairro onde ele tava antes. A casa da véia (Sra Baker, uma neozelandesa) é liiiinda!!! Pense num lugar calmo. Não tem NINGUÉM na rua. Chega dá um desespero. De noite é frio e silencioso. Moraria lá pelo resto da vida na boa! Mas de vez em quando teria que ir na poluição da cidade pra “desintoxicar”.

Casa da Sra Baker

E tem um bando de outras casas lindas perto. Cada uma mais encantadora que a outra. Não tem como não parar o caminho todo pra olhar o detalhe de uma, o jardim da outra… super surreal. Dessas coisas que nem em sonho tem no Brasil. A gente só vê em filme. 30 minutos de ônibus e estamos no centro. Maravilha… só de carro.

Casa fofa no meio do caminho

Mas eu gostei da graminha verde que tem do outro lado da escola, no caminho. Graminha verde daquelas que dá vontade de se jogar e rolar que nem menino pequeno.

Perto da escola
Aí a gente desceu ladeira, subiu ladeira… passamos pela parada onde mow sempre pegava ônibus… enfim…

Fomos até South Bank e eu resolvi ir até o South Brisbane Park. Não vi muita graça… achei que ia encontrar um Central Park mas nem… O lugar mais divertido, segundo o “cara de fuinha” é a Queen St. Então simbora pra lá! Lá é onde tem o povo malucão, que se veste muito doido. Legal!

Agora sim! Cidade! Carro, gente, muita gente! Assim é melhor.

Claudia ia adorar as “pessoas” paradas esperando abrir o sinal pra atravessarem a rua… aquela coisa bem Bolsa de valores de São Paulo… Homens engravatados… sabe? (Olhaí Crau!)

Homens engravatados
Eita! Tem HSBC na Queen! kkkkkk… Matuto é uma desgraça… Lógico que em HSBC na Queen.

Passamos pela Tiffany´s (Só passamos e nem tomamos um Breakfast… hehe…) e do outro lado a Louis Voutton. Programa bem fashion né? Vamo passando que a pessoa não pode gastar com essas coisas não!

Tiffany´s na esquina e, ao lado a Louis Voutton
Agora chega… quero ir na sex shop. Frisky o nome da dita cuja… parece nome de comida de cachorro. Mas… segundo mow, comida pra cachorra! Au au! Kkkkk! (E pensar que tu ia trabalhar lá né Sr. Felix?)

Frisky

Frisky

Ai… cansei… quero voltar pra casa. Então pronto. Fim do passeio numa manhã e tarde ensolarada em Brisbane.

Obrigada pelo passeio, meu amor. Obrigada por me mostrar os lugares por onde você passou. Obrigada por ser tudo que és.

Foi divertido, num foi?


.
.
.

Tem coisas (tum) que só o Google Maps faz por você!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: