h1

Cuide bem do seu gato

17/11/2008

gatosvarios

PARTE 1

Entendendo o seu gato:

Os gatos se utilizam, na maioria das vezes, da linguagem corporal para dar suas mensagens.
O que acontece é que um felino consegue entender perfeitamente o que o outro quer dizer,
com um simples movimento na cauda ou uma leve mexida no bigode, mas seus donos não.
Por causa disso, tem muita gente que não se dá bem com o gato como animal de estimação, pois acham que eles são traiçoeiros ou falsos. Mas tudo isso pode ser apenas uma má interpretação
do dono por não saber reconhecer tanto os sinais do corpo como da voz dos felinos.
Daremos algumas dicas para você entender o que o seu gatinho está sentindo, pois isso é que causará o sucesso da comunicação entre vocês e tornará a convivência amistosa e feliz.

Arqueando as Costas

Ele dá a impressão de ser maior do que é. Geralmente quando faz isso, também eriça os pêlos, fazendo com que ele pareça ainda maior. Isso pode apavorar o inimigo ou algum intruso e
acaba sendo um sinal de “saia já daqui”!

Se Escondendo

Os gatos se escondem simplesmente porque isso faz parte da sua natureza. Ele pode fazer isso tanto para poder atacar, como para se esconder mesmo de alguém maior do que ele.

Empurrando e abraçando

É comum, principalmente nos filhotes ficarem com as cabeças encostadas e ficarem se
empurrando ou fazendo brincadeiras provocativas. Eles não estão brigando, estão se
divertindo. Isso torna a personalidade deles bastante alegre e são gestos importantes
para desenvolver a personalidade deles.

Miados e cauda ereta

É bom atendê-lo logo. Ele está com pressa e não quer mais esperar por algo que pode até
já ter demonstrado e ninguém notou. Pode ser a comida, a porta fechada que ele não
está acostumado, a água etc.

Cauda balançando

A cauda em leve movimento indica aborrecimento. Observe o que pode estar causando isso.

Sinais de ameaça

Se o gato estiver com as pupilas dilatadas, a boca aberta mostrando os dentes e emitindo
um som forte, isso é um sinal de ameaça que ele está dando. Dificilmente ele faz isso para
um humano, a não ser que seja demasiadamente provocado. Ele está com medo e por
isso reage dessa forma.

Quando está despreocupado e sem medo

Se estiverem felizes e relaxados, os gatos demonstram isso fechando um pouco os olhos.
As orelhas ficam mais voltadas para a frente e às vezes até emitem um ronronar.

Bigodes inclinados para a frente

Mau sinal. Ele está mal humorado. Junto com esta expressão, pode ainda ficar com as
orelhas eretas dobradas para trás, o que significará que está ficando raivoso. Nessa hora,
as pupilas costumam ficar contraídas (quase que dando um ar franzido ao rosto)

Quando está com fome

Geralmente ele fica sentado, o rabo abaixado, e o pescoço fica erguido e esticado. Mia
tristemente para alguém atender o seu pedido. Já os filhotinhos quando estão com fome, choram muito parecidos com os bebês. Ele vai chorar se sentir fome, frio e até se estiver longe da mãe.

Demarcando o território

Os gatos demarcam o território se apoiando no objeto que pretendem marcar e com a cauda tremendo, esguicham a urina para trás. Não é um jato como quando estão esvaziando a bexiga.
Ele arranha os sofás e cadeiras dentro de casa para que suas marcas sejam vistas por todos.
Mesmo fêmeas e machos castrados podem lançar jatos de urina.

Se esfregando em você

O gato quando se esfrega em você não está só demonstrando carinho, como muita gente pensa.
Ele está transferindo o odor do seu corpo, reivindicando você como parte de seu território.

Quando deita e rola

É porque está feliz e tranquilo.

Os sons que emitem

Os miados, chamados também de sons vocálicos, são usados nos pedidos e reclamações.
Os murmúrios (ronronar), são usados em saudações e para mostrar contentamento.
Os de alta intensidade, são o gemido de irritação, o guincho de medo e dor, o sibilo e o
miado de acasalamento da fêmea. São sons altos e nem um pouco discretos.

PARTE 2

Dicas básicas:

1ª dica – Prato para água e comida

Escolha um modelo prático. Os pratos de cerâmica e de aço inoxidável são bons. Evite os
pratos de plástico; muitos gatos passam a ter acne no queixo devido ao constante
atrito com o plástico.

2ª dica – Toalete

Se o seu gato tiver pêlo curto, você vai precisar de um pente de metal, uma escova macia
para pêlo curto e um cortador de unhas. Se tiver pêlo longo, compre um pente de metal,
uma escova para pêlo longo e um cortador de unhas.

3ª dica – Caixa sanitária e acessórios

Improvise ou compre uma caixa sanitária, areia e uma pazinha. Existem muitos tipos de caixa sanitária. Escolha uma que seja de bom tamanho para seu gato e fácil de limpar.
Prefira areia sem perfume (verifique na embalagem), que também não deixe marcas no chão. Encontre um bom lugar para a caixa antes de levar o gato para casa.

4ª dica – Caixa de transporte

Escolha uma caixa firme e de tamanho adequado, que dê segurança ao gato e seja fácil de transportar e limpar. Existem inúmeros modelos. Os materiais mais adequados são os de
plástico e os de lona.

5ª dica – Arranhadores

Ensine o seu gato a usar o arranhador para que ele não arranhe os móveis com as unhas. Há diversas cores e formatos de arranhadores, que costumam ser revestidos de carpete ou sisal. Verifique se a parte vertical é alta o suficiente para que o gato possa ficar em
pé quando for adulto.

IMPORTANTE:
Ter um gato não é nada fácil. Cuide dele com muito amor, muito carinho e atenção, e qualquer dúvida consulte o seu veterinário.

Anúncios

6 comentários

  1. Oi minha querida,
    Adorei as dicas para o “bem cuidar” de um felino. Realmente, eles não são fáceis, mas acho que é justamente por isso que são tão sedutores. Cada um é um, feito o ser humano, não há um gato igual ao outro, devido a isso a medicina veterinária não está tão avançada para os felinos quanto para os cachorros. De qualquer forma, eu que tenho 09 gatos recomendo a todos que tenham um, além de lindos eles têm o dom de tirar as energias negativas do ambiente em que vivem e, por isso, protegem seus donos, inclusive quando estes estão dormindo. Você que está na dúvida, não perca tempo: adote um gatinho. Você não irá se arrepender.
    Beijos,
    Vera Lúcia


  2. Amei as dicas!!! Amo esses seres misteriosos, e os meus ultimamente estão com umas manias… agora eu entendi… bjus


  3. Adorei as dicas agora já consigo entender a minha linda gata.
    obrigado!


  4. Obrigada pelas dicas. Tenho três gostosinhos que são uma grande paixão.


  5. Obg pelas dicas elas estão sendo mt ultil p mim, ma eu tnhoum problema,me gatosoh tem 7 messes e eu n castrei, todas as noites ele volta p casa assustado magro e todo arranhado, ja tentei prender mas ele escapa.O que eu faço?!


  6. Fale com o veterinário. A castração talvez seja a melhor saída.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: