h1

Tempo, tempo, mano velho…

25/11/2008

ampulheta

Há mais ou menos dois meses atrás eu vivia reclamando que o tempo tava passando muito devagar, que as coisas não aconteciam… de repente, me vejo correndo contra ele. Juro que queria que o dia tivesse mais horas pra poder fazer tudo que se passa pela minha mente criativa.

Os projetos estão à todo vapor mas as idéias não param de pipocar o tempo todo. Haja munheca pra desenhar tudo! Bloquinho sempre ao lado da cama. É de manhã que eu tenho as melhores idéias. Logo que acordo. Anoto tudo porque, com a cabeça em turbilhão do jeito que eu estou, é bem capaz de, em breve, esquecer até do meu nome!

Estou exausta… mal tenho tempo de postar no blog, pesquisar alguma coisa e volto ao trabalho. Ao menos tenho ouvido muita música no iPod. Fazia tempo que não ouvia música praticaemnte o dia todo… e os livros? Estes continuam abandonados na cabeceira da cama pra o final de dezembro…

“Tempo, tempo, mano velho… falta um tanto ainda, eu sei, pra você correr macio como zune um novo sedã…”caminho

Pato Fu

Assinatura

Anúncios

3 comentários

  1. nem me fala de tempo… nem me fala…


  2. Oi
    Adoro Pato fu…
    O tempo que passa rápido,mas não existe melhor rémedio se não o tempo.

    Abraços.


  3. Viu? De novo! Estava escutando esta música esta semana (além de gêmea é siamesa, né? 😛 )



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: