Archive for dezembro \31\UTC 2008

h1

Sai quizila! Xô 2008! Chega logo 2009!

31/12/2008

Mulheres que atraem energia negativa (e como desliga esta antena)

Azar, zica, má sorte, urucubaca, infortúnio. Não faltam palavras para designar a tal energia ruim, que, às vezes, vem como um tsunami, derrubando tudo o que encontra pela frente. Entenda por que isso acontece e saiba mandar essa nuvem negra para longe da sua vida

Melissa Diniz

energianegativa01Há algum tempo, a assistente de recursos humanos Celena Bahal, 40 anos, de São Paulo, imaginou que estava sendo vítima de alguma mandinga, tamanha a maré de azar em que se viu envolvida. A tal fase ruim começou de repente, após ela trocar de carro. Durante um mês, foi só alegria. Até que bateram na traseira do veículo, amassando o pára-lama.

O incidente, que parecia corriqueiro, foi o estopim de uma série de contratempos que logo virou a vida dela do avesso. Durante os dois anos seguintes, Celena contabilizou oito batidas no carro, que ficou parecendo uma lata velha. “Cada vez que um novo acidente acontecia, meu medo crescia, juntamente com a convicção de que aquele objeto não me trazia sorte. Cheguei até a benzê-lo”, diz ela. O que ocorreu com Celena não foi coincidência. Segundo estudiosos da neurolingüística, nosso pensamento emite energia capaz de atrair acontecimentos que vibram na mesma freqüência. Essa teoria, conhecida como lei da atração, já é utilizada e propagada há bastante tempo por autores de livros de auto-ajuda e ficou ainda mais popular com os filmes QUEM SOMOS NÓS (mistura de documentário e ficção estrelada por Marlee Matlin e lançada em 2004) e O SEGREDO (produção australiana de 2006, dirigida por Drew Henot e baseada no livro homônimo, de Byrne Rhonda).

De acordo com essa linha de pensamento, nossa interpretação sobre os fatos afeta a realidade à nossa volta. Assim, temos mais ou menos sorte conforme os padrões de pensamento que alimentamos. “E, se nem sempre temos como mudar os fatos, podemos modificar a leitura que fazemos deles e as reações que teremos a partir daí, o que nos torna responsáveis pelo bem ou pelo mal que atraímos”, afirma a psicóloga e terapeuta Margareth dos Reis, do Instituto H. Ellis, de São Paulo.

Somos bombardeados por bons e maus acontecimentos todos os dias. Mas, se encaramos essas experiências com otimismo e coragem, colhemos resultados melhores. Algumas pessoas, porém, são propensas a enxergar a vida por uma lente negativa. Comportam-se sempre como vítimas, acham que o mundo está constantemente contra elas e que nada vai dar certo nunca. “É um padrão que depende de influência familiar, das experiências individuais e da personalidade de cada um”, explica Margareth.

O resultado é um círculo vicioso: a fixação no lado ruim das coisas atrai energia negativa, e esta prejudica todos os setores da vida da pessoa, realimentando sua convicção de que é mesmo azarada. Foi o que aconteceu com Celena. “Sentia-me perseguida por uma nuvem negra e não conseguia mais me concentrar no trabalho. Perdi clientes e dinheiro a ponto de passar necessidade. Foi uma bola-de-neve”, lembra ela.

Com o tempo, Celena entendeu que a fixação no problema só piorava a situação. “Percebi que, quanto mais eu acreditava estar envolvida em energias negativas, mais coisas ruins me aconteciam. Então, decidi vender o carro e mudar meu jeito de pensar. Parece brincadeira, mas lentamente tudo melhorou e hoje estou feliz”, relata.

Florzinha Fato versus pensamento

Para a escritora americana Linda Spangle, consultora de motivação e autora de livros sobre emagrecimento, como 100 DAYS OF WEIGHT LOSS (100 dias de perda de peso, ainda sem tradução no Brasil), nossas experiências podem ser resumidas na seguinte fórmula: fato, pensamento, ação e resultado. Aquilo que pensamos sobre determinado acontecimento nos leva a determinadas atitudes cujas conseqüências sempre confirmam nosso pensamento. E é aí que surgem os problemas.

Imagine uma mulher esperando o namorado em um restaurante. Meia hora depois, ele ainda não chegou e o celular só dá caixa postal. Se for pessimista, ela imaginará o pior – que homem não presta, que é melhor ficar sozinha etc. Quando ele aparecer, ela estará tão nervosa que mal vai ouvir a justificativa para o atraso. Vai se levantar, dizer uma série de desaforos e ir embora, achando-se a mais infeliz das criaturas.

Esse exemplo é usado por Linda nas suas palestras sobre crescimento pessoal para mostrar como a mesma cena, protagonizada por alguém capaz de controlar as emoções e os pensamentos negativos, teria um final bem diferente. Quem sabe o tal namorado estivesse atrasado porque o chefe o chamara de última hora para comunicar uma promoção, e o jantar dos dois tivesse se transformado em uma comemoração. “Desespero não resolve. Diante de um problema, a saída é serenidade para ver o que acontece ou a busca de uma solução eficaz ”, afirma Margareth.

Florzinha Mudança de foco

energianegativa02A terapeuta holística Vânia Medeiros, de São Paulo, explica que, da mesma maneira que pensamentos negativos atraem acontecimentos ruins, também podemos atrair sorte, alegria e realizações se alimentarmos a fé, o otimismo e a esperança. “Somos seres vibracionais e, portanto, emitimos energia. Essa energia vibra em diferentes freqüências e se liga a pessoas e acontecimentos que estejam na mesma sintonia. Portanto, pensamentos positivos atraem fatos positivos”, diz ela.

Inversamente, se nossa antena está em uma freqüência ruim, vamos captar a energia negativa das pessoas e dos ambientes. “O que nos torna vulneráveis são emoções como medo, inveja, ciúme, raiva, culpa e desejo de vingança. Mas, além de mantê-las à distância, é importante cultivar posturas e hábitos positivos, como a fé, a alegria, a meditação, a organização e a limpeza. Um ambiente bagunçado é a própria representação da energia ruim”, afirma Vânia.

Pode acontecer que, mesmo com essas precauções, determinados lugares e pessoas provoquem desconforto, cansaço, dor de cabeça e mal-estar. “Não significa que você se contaminou com aquela negatividade, mas que doou um pouco da sua energia ao lugar. É como se a atmosfera local buscasse uma compensação, sugando energias mais saudáveis”, explica Vânia. Para se preservar, é preciso criar sua ilha particular de proteção: quando sentir negatividade no ar, vale o esforço de focar o pensamento em idéias e lembranças felizes e exercitar os melhores sentimentos.

Florzinha Para melhorar de vez

Quando o negativismo se instala, porém, nem sempre é fácil percebê-lo. A relações-públicas Selma Cristine Silvério da Silva, 32 anos, de São Paulo, precisou fazer um balanço da vida sentimental para constatar que, havia 11 anos, só atraía namorados superenrolados e mal resolvidos. “Quando me dei conta da situação, comecei a investigar o que estava fazendo de errado. Percebi que me lamentava demais e sempre esperava o pior dos relacionamentos e dos homens com quem me envolvia”, diz.

Com essa constatação, Selma entendeu que estava presa a um padrão negativo e que só atraía pessoas na mesma freqüência. “Foi um aprendizado. Estou tentando mudar e filtrar os pensamentos. É um exercício diário e árduo, mas vou conseguir”, acredita.

O esforço para manter uma faixa vibracional elevada é importante até mesmo para a saúde física. “A ciência já comprovou que as emoções negativas causam doenças. E as emoções partem dos pensamentos”, defende Vânia. Basta lembrar que o stress e o nervosismo diminuem nossa imunidade e chegam a causar alterações de pressão, aceleração cardíaca etc. Para a terapeuta, a satisfação pessoal, profissional e amorosa é o melhor antídoto contra a negatividade: “Se nos sentimos realizados, transmitimos essa satisfação para as outras pessoas e a recebemos de volta. É uma alimentação constante da energia positiva”, diz ela.

Florzinha Banho de proteção

energianegativa03O aromaterapeuta Marcelo Dhyana, do Espaço Girassol, em São Paulo, usa o poder dos óleos essenciais para afastar a negatividade. “O alecrim, por exemplo, propicia uma profunda limpeza energética, enquanto o benjoim e o olíbano trazem proteção emocional e espiritual”, afirma ele. A receita é fácil: 2 colheres (sopa) de mel, 5 gotas de óleo essencial de alecrim, 5 gotas de óleo essencial de benjoim e 2 gotas de óleo essencial de olíbano. Dilua esses ingredientes em um recipiente e, em seguida, incorpore essa mistura à água da banheira. O alecrim pode aumentar a pressão arterial. Por isso, hipertensos e grávidas devem substituí-lo por óleo essencial de lavanda.

Florzinha Afinação positiva

O que fazer para se manter em sintonia positiva mesmo nas situações mais desgastantes

1. Cultivar pensamentos de alegria, paz, saúde e otimismo.
2. Mentalizar belas imagens, como uma paisagem ou um sorriso.
3. Ouvir uma música especial, recitar um mantra, fazer uma meditação ou respirar profundamente quando estiver estressada.
4. Verbalizar (ou imaginar) frases de que goste ou uma oração.
5. Ficar longe de reclamações, maledicências e fofocas.
6. Ligar para alguém ou sair para dar uma volta quando uma idéia ruim começar a incomodar.
7. Melhorar o autoconhecimento identificando as atitudes e circunstâncias que perturbam seu bem-estar e as emoções associadas a elas.

Florzinha Teste se você atrai energia negativa

Nem sempre é fácil perceber que a negatividade de um lugar ou de uma situação está interferindo no seu equilíbrio. A terapêutica holística Vânia Medeiros, de São Paulo, preparou um teste para ajudá-la a identificar esses indícios e descobrir quando é hora de se proteger. Para realizá-lo, procure um lugar calmo e relaxe, sintonizando-se com as suas emoções.

1. É comum você se sentir desanimada, cansada ou nervosa?
2. As pessoas que se relacionam com você parecem complicadas ou problemáticas?
3. Você mantém pensamentos negativos diante de um problema?
4. As pessoas ao seu redor dão sinais de inveja, raiva ou pessimismo?
5. Você também se sente contaminada por esses sentimentos?
6. Você experimenta uma sensação de ameaça nos ambientes que freqüenta ou nas suas relações?

Resultado

Até 2 respostas positivas
Atenção, você começa a se deixar influenciar pela energia negativa ao seu redor. Procure afastar o pessimismo, sorrir mais e cultivar bons pensamentos e sentimentos.
Até 4 respostas positivas
Sinal de alerta, você já se deixou contaminar pelo negativismo à sua volta. É hora de fazer um balanço da sua vida e investir em uma limpeza energética.
Mais de 4 respostas positivas
A situação é crítica. Reveja urgentemente os seus padrões de pensamento e as suas atitudes. Procure a ajuda de um terapeuta, se achar necessário.
Fonte: Revista Cláudia

h1

Medíocres

31/12/2008

“A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.”caminho

Oscar Wilde

h1

As melhores frases do presidente Lula em 2008

31/12/2008

lula1

Aproveitando a deixa política, descobri no blog Caixa Preta, a lista das melhores frases do nosso querido presidente. E divididas por categorias, viu? Além de um pensador hábil ele ainda prova que entende de todo tipo de assunto! Fantástico!

SENSÍVEL

“Tô aqui vendo meus companheiros portadores de deficiência física, tô vendo o Arnaldo Godoy sentado tentando me olhar, mas ele não pode me olhar, por que o Arnaldo Godoy é cego.”

ESTRATEGISTA

“Não adianta ter um bando de Generais e Soldados”, falando no Clube do Exército em 15 de dezembro.

DIPLOMÁTICO

“Eu conheço o Panamá só de dormir companheiro, até recentemente sempre que eu ia a Cuba sempre tinha que dormir uma noite no Panamá”, se dirigindo ao embaixador do Panamá em Brasília.

MATEMÁTICO

“Aprendi a contar até dez apesar de só ter nove dedos.”

GOURMET

“Por que ao invés de perguntar você não enche a boca de castanha?”, se dirigindo a uma repórter que perguntava sobre a saída de Henrique Meirelles do Banco Central.

PRODÍGIO

“Eu sou filho de uma mulher que nasceu analfabeta.”

SUTIL

“Eu tô com uma dor no pé direito, mas não posso nem mancar pra imprensa não dizer que eu tô mancando por que tô num encontro com os companheiros portadores de deficiência.”

ECUMÊNICO

“Um brinde ao presidente Bachar Assad.”, o presidente da Síria não se levantou nem ergueu as taças, pois os muçulmanos não ingerem bebidas alcoólicas.

FICÇÃO CIENTÍFICA

“Vocês sabem quando Napoleão foi a China…”

CAVALHEIRO

“A galega engravidou logo no primeiro dia, por que pernambucano não deixa por menos, é no primeiro dia que bota pra dentro”, a galega em questão é a Primeira Dama da República, Mariza.

GEOGRÁFICO

“O Brasil só não faz fronteira com Chile, Equador e Bolívia”, falando para empresários em Nova York, ignorando o fato de o Brasil ter 3 mil quilômetros de fronteira com a Bolívia.

HIGIÊNICO

“Pô, mas isso aqui nem parece a África, é tudo limpinho”, em recente visita a África.

h1

Almoçando com o presidente Lula

30/12/2008

Eis que vou até a janela e vejo aquela confusão de carros de polícia, Samu, sei lá mais o que… um bando de motos e o restaurante em frente à minha casa todo cercado. Pensei, que diabos é isso?

Aí, Dona Luiza, sempre muito bem informada, me diz que é o presidente Lula que está almoçando no restaurante… hohoho… a pessoa veio inaugurar o Parque Dona Lindú (É… aquele mesmo que quase não saía do papel por desrespeitar um baaaaando de normas e ainda ter custado uma grana dos cofres públicos).

Vejam a visão do inferno que se tornou o “meu jardim”:

presidente-recife

O dito cujo saindo (por volta das 14h30, 15h30 horário de verão):

presidente-recife2

E o povo curioso passando bem devagarzinho com os carros e os motoristas de ônibus mais devagar ainda pra tentar ver alguém… e, de repente, aquele belíssimo engarrafamento. Rá!

Ô povinho triste, môdeus! Por que eu nasci brasileira, hein?

Dinah Chershire

Fotos de Julia Salgueiro

h1

Cabelo no pente

30/12/2008

pente

“Andei pisando pelas ruas do passado
Criando calo no meu pé caminhador
Dançando um xote,
Tropecei com harmonia
Na melodia de “Pisa na Fulô”

Andei passando como as águas como o vento
Como todo sofrimento que enfim me calejou
terei futuro deslizando no presente
Como o cabelo no pente que penteia meu amor.”caminho

Alceu Valença

.shell-32x32

Hoje não sou mais quem eu era e te agradeço por isso. Um dia você vai saber quem eu sou.

h1

O que significam as borboletas?

29/12/2008

borboletas

Tenho sido perseguida, incessantemente por borboletas. Pra onde olho, sempre tem uma borboleta “piscando” pra mim. E, não. Isso não tem nada a ver com aquela frase brega de “cuidar do jardim”, bla bla bla…

Simplesmente eu estou olhando pra alguma coisa e tem uma estampa de borboleta, ou estou folheando despretensiosamente uma revista qualquer e lá me aparece uma outra… ou então vou fazer uma busca por alguma imagem que não tem absolutamente nada a ver com borboletas e, ao abrir o banco de imagens, ta lá a dita cuja olhando pra mim.

Intrigada com essas coincidências, lembrei que eu tenho uma espécie de dicionário dos símbolos, foi então que resolvi o consultar:

“Borboleta – Agora apenas metáfora de frivolidade, a borboleta é antigo símbolo de imortalidade, da qual o ciclo de vida proporciona analogia perfeita: a vida (a rastejante lagarta), a morte (a escura crisálida) e o renascimento (a alma a flutuar em liberdade). Daí o mito grego de Psique (literalmente “alma”). Retratada na arte com asas de borboleta, ela era uma mortal libertada da morte quando Zeus comoveu-se pelo seu amor por Eros – e pelo dele por ela. Como emblemas da alma, as borboletas são encontradas em lugares tão afastados entre si como o Zaire, Ásia Central, México e Nova Zelândia. Aparecem com esse significado em túmulos cristãos, e Cristo é às vezes retratado a segurar a borboleta da ressurreição. As borboletas representavam as almas dos guerreiros astecas assassinados e eram sagradas para diversas divindades mexicanas. Suas asas bruxuleantes também simbolizavam o fogo solar, idéias que é evocada na tradição celta. Na China, a borboleta é emblema Ed lazer e de um amante jovem; por meio de uma ligação fonética com a palavra “setenta”, é também, quando ligada à ameixa, metáfora de beleza em idade avançada. No Japão, essa criatura representa alegria passageira, vaidade feminina e a gueixa; um par de borboletas representa satisfação conjugal. Nas ilustrações do folclore, as fadas são mostradas com freqüência com asas de borboleta.”

(Extraído do livro “O grane livro ilustrado dos símbolos” de Jack Tresidder)

Sim mas, e daí? Bem, acho que realmente alguém ta querendo esfregar na minha cara a mudança que estou passando, né? Como se não fosse visivelmente perceptível…

E realmente eu estou indo nesse caminho, devagar e sempre. Ao meu ritmo. Rumo ao novo já que já voltei do abismo.

Meu quarto novo está lindo. Parede rosa (sim, virei mulherzinha… aderi ao rosa em minha vida! Rá!), guarda-roupas arrumadinho, armário de material de estudo e trabalho e desenho todo organizado… olhando nem parece meu. Meu no passado porque, agora essa sou eu. As coisas ainda estão um tanto quando fora de lugar mais, aos pouquinhos vou organizando tudo ao meu gosto.

E as borboletas? Ah… as borboletas estão presentes na minha mesa do escritório, em um bando de desenhos novos, em acessórios que tenho usado com freqüência e, breve, na minha parede. Já estou com um projeto lindo de mural pra colocar em prática mas isso, vai ficar pra 2009 porque tudo que mais quero é que 2008 acabe logo, rapidinho, correndo porque já deu o que tinha de dar.

Dinah Chershire

h1

Quantos anos você tem?

28/12/2008

pêssego

Sempre me dão menos idade do que eu tenho. Costumo brincar dizendo que é porque eu durmo no formol. Rá!

Certa vez, na entrada de uma balada, euzinha, na época com 26 anos na cara… vira o segurança pra mim e diz: “Por favor, sua identidade”.

Claro que a pessoa aqui morreu de rir e, como “vingancinha” saquei a carteira de motorista, rá! Ok… tudo bem… hihihi… Eu e minha cutis de pêssego e carinha de bebê (só a carinha)…

Eu me divirto tentando adivinhar a idade das pessoas mas muita gente não tem a cara que aparenta. Pra minha sorte, eu aparento ter menos e não vou precisar de botox tão cedo!

Match AgeSe você também gosta de se divertir com isso, teste seu feeling e tente adivinhar a idade das pessoas nesse site. Eu passei perto várias vezes mas não dei uma dentro!