h1

O rio

20/12/2008

riverruns

Entre o sono e sonho,
Entre mim e o que em mim
É o quem eu me suponho
Corre um rio sem fim.
Passou por outras margens,
Diversas mais além,
Naquelas várias viagens
Que todo o rio tem.

Chegou onde hoje habito
A casa que hoje sou.
Passa, se eu me medito;
Se desperto, passou.

E quem me sinto e morre
No que me liga a mim
Dorme onde o rio corre –
Esse rio sem fimcaminho

Fernando Pessoa

.shell-32x32

Será que um dia nos encontraremos no mar? E conseguiremos novamente nos amar?

Anúncios

One comment

  1. Minha linda Juuuuuuuuuuuu, passa lá no blog e veja que eu ofereci um selo de premiação pro seu blog. Beijão, Micheline. http://www.modacademeuestilo.blogspot.com



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: