Posts Tagged ‘felicidade’

h1

Quando se chega aos 30…

22/09/2009

30

A gente fica mais seletiva, mais crítica, menos idiota… Nada como a experiência.
Ok. Mais chata também… não aceita quelquer coisa e muito menos acredita em conversa esfarrapada. Nem precisa.

Em compensação…
Fica mais bonita, tem mais conteúdo, passa a se cuidar mais, a usar maquiagem, a nunca dormir (nem acordar) sem passar um creminho. Busca novas experiências, fica mais paciente, quer aprender mais, busca mais, quer sempre o melhor!

Esquece que teve passado. Aliás, passado é uma coisa que TO-TAL-MEN-TE já passou! Passa a se preocupar com o PRESENTE. E só. Futuro, é uma coisa que só depende do que vivemos no presente. Ou seja, se não fizer ele bem feito, não for feliz agora e não viver o hoje… fon! Lá na frente vai dar tudo errado. E viver o presente é a melhor coisa do mundo! Descobrir certos “segredos” da vida também!

Isso é um problema? Depende do ponto de vista. Hehehehe… Pra mim, é ótimo! Já pra eles…
Diamantes, meus caros! DIAMANTES! (piadinha interna)

Dinah Chershire

.

.

P.S.: 66 mil visitas! YES!

h1

Ser feliz

23/05/2009

Panda

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. E você pode evitar que ela vá à falência.

Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples, que mora dentro de cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade de dizer “eu te amo”. É ter humildade da receptividade.

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz… E, quando você errar o caminho, recomece, pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita, mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.

Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.

Pedras no caminho? Guardo todas… Um dia vou construir um castelo!

caminho
Fernando Pessoa

.

.

conchinhaEsse texto é pra alguém que amei muito e que desejo, de coração, que essa pessoa possa ser verdadeiramente feliz.

Dinah Chershire

h1

Faça alguém feliz

28/03/2009

felicidade

Dê um beijo, um abraço, um passo em sua direção…

Aproxime-se sem cerimônia…

Dê um pouco do seu calor e do seu sentimento…

Sente-se perto e deixe-se ficar algum tempo, ou muito tempo…

Não conte o tempo de se dar e aprenda a burlar a superficialidade…

Sonhe o sonho sem dúvidas, deixe o sorriso acontecer, rasgue o preconceito, olhe nos olhos, aponte um defeito com jeito, respeite uma lágrima…

Ouça uma estória, ou muitas, com atenção…

Irradie simplicidade, simpatia, energia, e não se espante se a pessoa mais feliz for você…

h1

Ser feliz ou ter razão?

19/11/2008

passaro-da-felicidade

Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.
O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro.
Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem.
Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber:

– Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais…E ela diz:

– Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

MORAL DA HISTÓRIA:

Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não.
Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais freqüência:”Quero ser feliz ou ter razão?”

Outro pensamento parecido, diz o seguinte:

“Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam.”

Eu já decidi…

EU QUERO SER FELIZ
e você?

.

shell-32x32Se preciso esperar. Ok, vou esperar. Não quero ter razão. Quero apenas ser feliz sem dores, sem feridas, sem cicatrizes. Só com confiança, amor, respeito, fidelidade e lealdade.