Posts Tagged ‘Vanessa da Mata’

h1

Ilegais

01/06/2009

rosas-brancas

Desse jeito vão saber de nós dois
Dessa nossa vida
E será uma maldade veloz
Malignas línguas
Nossos corpos não conseguem ter paz
Em uma distância
Nossos olhos são dengosos demais
Que não se consolam, clamam fugazes
Olhos que se entregam
Ilegais

Eu só sei que eu quero você
Pertinho de mim
Eu quero você
Dentro de mim
Eu quero você
Em cima de mim
Eu quero você

Desse jeito vão saber de nós dois
Dessa nossa farra
E será uma maldade voraz
Pura hipocrisia
Nossos corpos não conseguem ter paz
Em uma distância
Nossos olhos são dengosos demais
Que não se consolam, clamam fugazes
Olhos que se entregam
Olhos ilegais

Eu só sei que eu quero você
Pertinho de mim
Eu quero você
Dentro de mim
Eu quero você
Em cima de mim
Eu quero vocêpegadacaminho

Vanessa da Mata

Anúncios
h1

Amanhã?

17/02/2009

goodbyeAmanhã é longe demais pra quem não tem a eternidade.
(Vanessa da Mata – Longe demais)

Não podia ter recebido texto mais perfeito:

Talvez quando você precisar de mim, eu já tenha perdido a vontade de ajudar. Quem sabe quando você lembrar que eu existo, eu já tenha esquecido você! E se por acaso um dia você quiser me amar, talvez eu transforme este amor em amizade! Talvez quando você sentir minha falta, eu já tenha outro alguém que me quer tanto quanto eu te quero. Depois pode ser tarde de mais!conchinha

Tchau, palhaço! Até nunca mais!

h1

Onde ir

22/12/2008

barquinhos

Canta… canta que eu canto contigo…

Eu não sei o que vi aqui
Eu não sei prá onde ir
Eu não sei por que moro ali
Eu não sei por que estou

Eu não sei prá onde a gente vai
Andando pelo mundo
Eu não sei prá onde o mundo vai
Nesse breu vou sem rumo

Só sei que o mundo vai de lá prá cá
Andando por ali, por acolá
Querendo ver o sol que não chega
Querendo ter alguém que não vem.

Cada um sabe dos gostos que tem
Suas escolhas suas flores, seus jardins
De que adianta a espera de alguem
O mundo todo reside dentro em mim

Cada um pode com a força que tem
Na leveza e na doçura de ser felizcaminho

Vanessa da Mata

.shell-32x32

Somos fortes pra enfrentar o que a vida nos propõe como desafio. Assim espero. Seja forte. Continuo sendo. E acredito, embora me machuque.