h1

O dia D

05/11/2008

(ou, “Do dilúvio ao delírio”)

mel-coracao

Sabe aqueles dias que você pára, olha e diz: “Cara! Hoje foi ‘O’ dia!”

Logo pela manhã, soube que, muito antes do previsto, eu estarei livre, leve e solta, livre de todos os rémédios, de tratamento chatos e todas as coisas mais que são pauleira!!! Ou seja: Vou poder fazer tudo e mais um pouco… incluindo voltar a dançar tudo que eu tiver vontade, fazer estripulias nos esportes de aventura, ir pra todos os shows que eu inventar e me jogar no mundo viajando pelos quatro cantos dele!

Felicidade é mesmo feita de pequenas alegrias diárias e hoje o dia foi feliz. É bom ver as coisas se arrumando certinhas bem como eu havia planejado mas não sabia direito ainda como ia se realizar. E isso não depende de ninguém além de mim. Aquela frase do Paulo Coelho que diz que quando a gente quer muito uma coisa, o Universo conspira ao seu favor, sabe? Pronto… exatamente por aí. O que realmente tem valor e o que a gente realmente quer pras nossas vidas, vêm natural quando tudo caminha pelo caminho certo.

Aí fico lembrando de um jurássica-ex-sogra que achava que, porque eu tinha um problema de saúde aqui e outro acolá eu era um trapo que não servia pro filho dela… kkkkkk!!! Taí o trapo novinho em folha, preta!!! E teu filhinho da mamãe acuado debaixo da tua saia como sempre, fingindo que é o tal-internacional! Tome, tome, tome! “Saipralá” que eu num quero trepeça não. Trapinho novo, “gatchinhu” novo! Hehehe…

gerberas

De tarde fui num antiquário antes de almoçar. Comprei umas relíquias e descobri mais um monte de outras. Queria comprar tudo pra decorar meu quarto mas não deu. Só não boto meu lustre de cristal agora porque aí já seria torrar dinheiro demais para o momento. As prioridades são outras. Mas, com certeza, num futuro bem próximo, terei meu lustre de cristal no quarto e as cadeiras de cinema originais na sala de vídeo da minha casa. Ai… e tinha uma mesa anos 50… liiiiinda! Pára, pára, pára!!!

Aff…

Peguei meu diploma do MBA (finalmente!) e ainda soube que o outro do curso número 2 tava pronto também.

Fui ao centro da cidade, decidi algumas coisas a respeito de uma vitrine que tenho que montar, comprei flores pra minha mesa (Gérberas. Amo!) e depois fui linda e loira pra terapia.

Bate papo dos bons. Meu caminho tá tão certo que estou surpresa e orgulhosa de mim mesma. É como se tudo tivesse escuro, daí eu quisesse muito arrumar as coisas no seu lugar e não tivesse vendo nada. Aí vem alguém e acende a luz. Pronto. Agora fica super fácil organizar tudo. Super fácil mesmo.

E amanhã é o dia de começar a colocar meu quarto abaixo. Vai começar por ele a grande reforma da casa. Meu zilhões de livros já estão encaixotados e, de manhã, desmonto o que falta, incluindo o computador (que vai “pro mato” assim que o MacBook chegar). Vai ficar lindo! Já tou vendo cada coisinha no seu lugar! E meu projeto com planta baixa ficou um luxo! Se nada der certo, viro arquiteta! Porque Designer de interiores é pouco pra minha inteligência! Kkkkkkk! Super-arrasei!

É isso aí… que dia… que boa-nova-vida… e olhe que está apenas começando…

barra-cor01

Quero, um dia, dizer às pessoas que nada foi em vão…
Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades e às pessoas, que a vida é bela sim e que eu sempre dei o melhor de mim…
e que valeu a pena.caminho

Mário Quintana

Assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: